Rota do Douro 1


Rota do Douro 1

77,17 / bilhete(s)

 

Régua / Mesão Frio

 

 

09:00

Partida em autocarro do Porto para Marco de Canaveses. Conhecido pelas festas e romarias e também pelas célebres termas do Marco, esta zona do país tem um vasto e rico património histórico e é simultaneamente uma das entradas para o monumental Vale do Douro que hoje vamos visitar. Chegados a Marco, iremos dirigir-nos à pitoresca estação de comboios para esperar o comboio regional que nos levará a Régua e poderemos aí contemplar a linda paisagem do Douro a partir de uma janela de comboio, uma experiência única.

 

10:22

Início da viagem de comboio desde Marco de Canaveses à Régua, ao longo da famosa linha do Douro. O Vale do Douro, compreendido entre Barqueiros e a fronteira com Espanha, é fruto dos prodígios da natureza, mas também do esforço e da energia despendida pelo homem na sua transformação. A vinha que gera as castas do célebre Vinho do Porto é a causa e a razão maior de todo este árduo trabalho. Séculos de labuta, fadiga e suor humano, desventraram a terra, removeram o xisto maciço, moldaram os muros e patamares de socalcos para arrimar as videiras, erguendo esta obra colossal, que Marquês de Pombal recompensaria, no século XVIII, com o título de primeira Região Demarcada do mundo.

 

11:04

Chegada à Régua onde, de novo de autocarro, seguiremos para a Quinta da Pacheca, uma das mais conhecidas propriedades do Douro, que se destaca pelo facto de ter sido das primeiras a engarrafar vinhos com sua própria marca. É num documento datado de 17 de Abril de 1738 que pela primeira vez se faz referência à Quinta chamada "da Pacheca" por ser sua proprietária D. Mariana Pacheco Pereira. Mas foi só em 1903 que D. José Freire de Serpa Pimentel decidiu desenvolver o seu crescente interesse pela enologia, comprando a propriedade com o objectivo de se dedicar à produção vitivinícola. Hoje, um século passado, a nova geração dos Serpa Pimentel assume a gestão da Quinta: Maria, Catarina e José são os jovens rostos desta empresa de cariz vincadamente familiar.

 

11:30

Após a chegada, dar-se-á início à visita guiada na Quinta da Pacheca, que inclui um passeio nas vinhas e visita dos lagares, do armazém e garrafeira, seguindo-se prova de dois vinhos do Douro e um vinho do Porto, acompanhados de aperitivos.

 

13:00

Seremos recebidos no Restaurante da Quinta para um almoço regional acompanhado pelos seus excelentes vinhos.

 

15:00

Continuaremos de autocarro para chegar à nossa próxima paragem, a Quinta do Tedo, situada em posição estratégica numa colina encima do Rio que permite vistas únicas sobre a paisagem. Esta quinta pertence a franceses que aqui, além de produzir vinhos, criaram um espaço muito acolhedor. Poderemos provar um vinho de mesa tinto, um porto e também o azeite aqui produzido.

 

17:00

Regresso em autocarro para o Porto ou o seu hotel no Douro.

 

 

 

 

 

Procurar também nestas categorias: Winelands para um dia, Winelands para um dia